X

Federer se diz feliz por Nadal: 'Estou feliz por ele e ele por mim quando ganho'

Terça, 17 de setembro 2019 às 09:35:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista ao jornal suíço Tages Anzeiger, o suíço Roger Federer falou de seus planos para a temporada 2020, comentou muito sobre a Laver Cup que será disputada nesta semana em Genebra e comentou a preferência pela ATP Cup.



Federer comentou que seguiu sentindo dores nas costas por cerca de "10 ou 12 dias" e que ainda sente algum "incomodo", mas que já consegue treinar bem. Perguntado sobre a estrutura organizada em Genebra para a Laver Cup, o suíço elogiou o trabalho de sua equipe liderados por seu agente, Tony Godick: "É excelente, melhor que a que tivemos na arena do Chicago Bukks ano passado. Sei que Tony e sua equipe queriam organizar um evento incrível e não pensaram nos gastos. Investiram muito dinheiro na área dos torcedores, para que eles se encontrem em um grande ambiente. Apenas espero o melhor pata os jogadores assim como para os fãs".

Ainda dentro do tema da competição, Federer contou que há um grupo no Whatsapp em que os jogadores da equipe Europa trocam mensagens e bastante 'figurinhas'. O suíço ainda contou que todos os que já jogaram pela equipe fazem parte do grupo. Questionado sobre a discrepância técnica entre o time Europa e o time Mundo, Federer destacou os dois último confrontos parelhos e ainda pontuou que estão sempre melhorando.

Questionado sobre o fato do espanhol Rafael Nadal estar a um título de Grand Slam de igualar seu recorde com 2 títulos, Federer pontuou: "Eu estou feliz quando ele ganha e ele está por mim quando venço. O respeito entre nós dois é enorme. Tenho uma satisfação profunda em seguir jogando na minha idade e seguir lutando para vencer Grand Slams.

O suíço desmentiu o dono da Kosmos, o espanhol Gerard Piqué, a respeito de que estaria negociando a participação de Federer na Copa Davis. "Não tenho que jogar necessariamente a Copa Davis. Não existe conversas. Apenas espero que a Davis e a ATP Cup funcionem e logo se sentem para discutir o que fazer, se seguem em separado ou juntos. Minha opinião é que não estou seguro que a Davis vá adiante. Dos 35 primeiros do ranking, 34 se confirmaram na ATP Cup, que possuem um bom lugar no calendário".

Perguntado a respeito do calendário 2020, Federer disse que a decisão de jogar ou não no saibro foi decidida em sua equipe e não falou mais sobre isso. Os planos do suíço são de jogar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. "Apenas decidi que quero jogar até Wimbledon. Coloquei para a equipe sobre as Olimpíadas e eles me disseram que eu deveria decidir, pois era minha carreira; Conversei com Mirka e vimos o lugar no calendário. Espero estar apto para tomar esta decisão. Anunciarei meu calendário 2020 logo".