X

Becker: 'Federer seria melhor que McEnroe e Borg em seus auges? Duvido!'

Segunda, 12 de fevereiro 2018 às 13:15:00 BRST

Link Curto: http://bit.ly/2nULJHP

Tênis Profissional

O ex-número 1 do mundo e atual capitão alemão na Copa Davis, Boris Becker, concedeu uma entrevista ao site Sport360, na qual alou, dentre muitas coisas sobre o fato de Roger Federer ser o maior tenista da história diante do melhor de outros grandes atletas.



“Não sei. É preciso dizer dizer que ele é o mais bem sucedido de todos, mas como é que você pode garantir que é o melhor de todos os tempos? É complicado comparar gerações, principalmente no tênis”, pontou o ex-número 1 do mundo.

“Ele tem 20 Grand Slams, tem mais semanas a número 1, o que é incrível. Entretanto, ele teria batido [John] McEnroe no seu melhor na final de Wimbledon em 1984 usando uma raquete muito diferente do que a que tem agora? Duvido. Teria ele batido Bjorn Borg no seu auge, naquele momento em que dominava Roland Garros e Wimbledon? Também duvido”, opinou ele, que seguiu falando que de forma alguma pretendia desmerecer os méritos do suíço.

Dentro deste tema, Becker, que foi treinador por duas temporadas de Novak Djokovic, confessou que  gostaria de ter podido enfrentar, a nível de competição profissional, os tenistas que dominam o circuito na última década: "Adoraria ter jogado nesta geração. Jogar contra [Rafael] Nadal, Federer teria sido fantástico. Temos o melhores jogadores da história jogando tênis neste momento”, finalizou.