X

Thiem afirma que não há vantagens na bolha de Adelaide

Quarta, 20 de janeiro 2021 às 10:04:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O austríaco Dominic Thiem afirmou ao programa Sport am Sonntag da ORF TV, que não há privilégios na bolha organizada na cidade de Adelaide, ao sul da Austrália, para os principais tenistas do mundo, que inclui ele próprio.



“Os regulamentos de quarentena são exatamente os mesmos de Melbourne, de onde não haverá grande vantagem. Claro, talvez seja um pouco mais agradável em Adelaide quando não há 300 pessoas, mas apenas cerca de 20", confessou ele que chegou a Austrália sem seu treinador, o chileno Nicolas Massú, que estava positivo para COVID-19 e aguarda para poder viajar ao país.

Thiem ainda pontuou que a partida exibição que será realizada em Adelaide que inclui, além dele próprio, nomes como Novak Djokovic, Rafael Nadal, Naomi Osaka, Serena Williams e Simona Halep, é importante para a região. “Também arrecada dinheiro para a região, o que é bom. Também será a primeira exibição novamente diante do público", ressaltou.

À TV, Thiem disse estar ansioso para poder jogar com público novamente. O Australian Open deve receber 50% da sua capacidade de público: "Esse será o maior número de pessoas desde o Rio (Open em fevereiro de 2020)".

O campeão do US Open também não vê a hora da quarentena acabar para poder ganhar a liberdade fora da bolha que a Austrália permitirá aos atletas: "Essa será a primeira vez desde Los Angeles em março passado em que poderemos fazer isso. É por isso que não estou ansioso por qualquer liberdade o mais rápido possível".

banner
banner