X

Silva fura quali e disputará 1º Grand Slam da carreira em Melbourne

Quarta, 13 de janeiro 2021 às 12:53:42 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O português Federico Ferreira Silva, 182º da ATP, furou quali do Australian Open, após superar o principal favorito do quali, o francês Gregoire Barrere, 110º, pelo placar de 6/3 6/4 e tornou-se o 11º português a jogara  chave de um Grand Slam.



Aos 25 anos, Silva, que foi vice-campeão do Challenger de São Paulo em novembro de 2020, se junta ao número 1 de seu país, João Sousa, na disputa do Australian Open.

A trajetória de Portugal em chaves principais de torneios do Grand Slam é recente, apenas em 1988 o país teve seu primeiro representante em Grand Slam. Na ocasião, Nuno Marques entrou através de ranking na chave do US Open. De lá pra cá, são 32 anos de história e apenas 11 portugueses, 8 homens e 3 mulheres, que alcançaram tal feito. Sousa é quem mais disputou chaves principais de Grand Slam, 32 considerando o Australian Open deste ano, seguido de Federico Gil com 14 participações.

Os portugueses que já jogaram ao menos um torneios do Grand Slam são: Sousa, Gil, Marques, Rui Machado, Gastão Elias, João Cunha, pedro Sousa e Federico Silva.

As portuguesas que disputaram um torneio do Grand Slam em simples são: Michelle Larcher de Brito, Maria João Koehler e Neuza Silva.

banner
banner